Benefícios do Ácido Butírico para saúde

De volta para Blog
Benefícios do Ácido Butírico para saúde

Benefícios do Ácido Butírico para saúde

Um dos principais motivos que a manteiga ghee é A-M-A-D-A pelos nutricionistas e médicos é por ser um alimento riquíssimo em ácido butírico ou butirato. No nome desse composto é derivado de ‘butter’  que é manteiga. É um ácido graxo de cadeia curta cheio de propriedades benéficas incríveis para a saúde do intestino. Neste texto, te mostro 8 principais benefícios do consumo deste ácido graxo acompanhados de alguns estudos. Vem comigo:

O que é ácido butírico ou butirato?

O ácido butírico é um ácido graxo essencial produzido naturalmente em pequenas quantidades no intestino quando as bactérias boas da flora  fermentam alguns tipos de carboidratos e fibra alimentar. Na verdade, as bactérias intestinais do corpo produzem o butirato a partir de alimentos que você não consegue digerir, o que confere ao corpo uma série de benefícios à saúde. É  encontrado principalmente em gorduras animais como manteiga, leite, queijos. No ghee possui ainda maior quantidade do que a manteiga comum.

Foi demonstrado que o consumo de ácido butírico em alimentos como ghee ou em forma de suplemento ajuda a promover uma digestão mais eficiente, acalma a inflamação geral do organismo e melhora a saúde gastrointestinal geral. Pessoas que sofrem de síndrome do intestino irritável e doença de Crohn demonstraram se beneficiar com suplementação/consumo de ácido butírico, e os estudos são promissores quando se trata de diabetes e resistência à insulina. O ácido butírico  também é conhecido como um potencial ácido graxo anticâncer, especialmente quando se trata de câncer de cólon.

Incríveis Benefícios do Ácido Butírico para saúde
ghee Yamuna feito com manteiga de gado de pasto, por isso é super amarela e brilhante

Benefícios do ácido butírico para a saúde

 

1. Fonte de Energia para o intestino

O ácido butírico ou butirato  serve como principal fonte de energia para as células do cólon, que constituem o revestimento do intestino. Enquanto a maioria das células do corpo utiliza a glicose como a principal fonte de energia, as células do cólon que revestem o intestino usam principalmente butirato, sem butirato essas células são incapazes de realizar as funções normais. Os ácidos graxos de cadeia curta oferecem um ambiente livre de oxigênio que apóia o crescimento de micróbios intestinais que controla a inflamação e mantém as células intestinais saudáveis.

2. Perda de peso

Os benefícios do ácido butírico ganharam popularidade por sua capacidade de ajudar as pessoas a perderem quilos indesejados. Evidências científicas mostraram que pessoas obesas (assim como pessoas com diabetes tipo II) têm uma composição diferente de bactérias intestinais. Acredita-se que os ácidos graxos de cadeia curta desempenhem um papel positivo junto com os probióticos na prevenção da síndrome metabólica, que quase sempre inclui a obesidade abdominal. (1)

Os ácidos graxos de cadeia curta, como o ácido butírico, ajudam a regular o equilíbrio entre a síntese de ácidos graxos e a degradação das gorduras. Em um estudo animal de 2007, após cinco semanas de tratamento com ác. butírico, ratos obesos perderam 10,2% do peso corporal original e a gordura corporal foi reduzida em 10%. O ácido butírico também demonstrou melhorar a sensibilidade à insulina, o que ajuda a prevenir o ganho de peso. (2)

A maioria das evidências para ligar a suplementação de Ác. Butírico especificamente à perda de peso é baseada em pesquisas com animais até agora, mas mostra efeitos positivos no tratamento natural da obesidade.

3. Potencial tratamento de câncer cólon e reto

Vários estudos demonstraram a capacidade potencial do ácido butírico de combater o câncer, especialmente o câncer de cólon. Na verdade, é mostrado uma capacidade de “modificar a arquitetura nuclear” e induzir a morte de células cancerosas do cólon. Esta é provavelmente uma grande razão pela qual o aumento da ingestão de fibras tem sido associado a menos câncer de cólon, uma vez que uma maior ingestão de fibras probióticas podem normalmente equivaler a mais ácido butírico presente no cólon. (3)

De acordo com uma pesquisa de 2011 publicada no International Journal of Cancer, “o papel dos ácidos graxos de cadeia curta, particularmente o butirato, na terapia do câncer de cólon foi amplamente estudado e acredita-se que suas funções supressoras de tumor sejam devidas às suas ações intracelulares”. Este estudo laboratorial mostra ainda que o tratamento com butirato levou a um aumento na morte celular programada das células cancerosas do cólon. (4)

De acordo com um artigo científico de 2014, parece que “uma dieta rica em fibras protege contra tumores colon-retais de uma forma dependente da microbiota e do butirato”. (5) O que isso significa? Isso significa que, provavelmente, obter muita fibra não é o que afasta o câncer por conta própria. É comer uma dieta rica em fibras saudáveis para ter uma flora intestinal rica o suficiente para que o ácido butírico esteja presente no corpo para fornecer defesa contra o câncer no cólon.

4. Alívio da síndrome do intestino irritável

O ácido butírico tem um impacto muito positivo na saúde intestinal, o que afeta  a saúde de todo o corpo. Ácidos graxos de cadeia curta, como o ácido butírico, podem ajudar a manter o intestino saudável e selado, o que evita a síndrome do intestino permeável e todos os tipos de problemas relacionados ao intestino gotejante. Um artigo científico publicado na Gastroenterology Review analisou o potencial do ácido butírico como uma terapia de dieta para síndrome do cólon irritável com base em vários estudos realizados até o momento. Os pesquisadores concluem que “a suplementação de butirato parece ser uma terapia promissora ”. (6) e (7).

5. Benefícios do ácido butírico no Tratamento da doença de Crohn

A doença de Crohn é um tipo de doença inflamatória intestinal caracterizada por inflamação do revestimento do trato gastrointestinal, dor abdominal, diarreia intensa, fadiga, perda de peso e desnutrição. Esta é uma doença relacionada a um intestino permeável. Um estudo de 2005 publicado na revista Alimentary Pharmacology & Therapeutics foi pequeno, mas descobriu que “o butirato oral é seguro e bem tolerado e pode ser eficaz na indução de melhora clínica / remissão na doença de Crohn.” (8)

Outro estudo de 2013 mostrou que o ácido butírico pode reduzir a dor durante as evacuações e a inflamação no intestino, ambos extremamente úteis para a doença de Crohn e outras doenças inflamatórias intestinais. (9)

6. Ácido Butírico Combate a resistência à insulina

Um estudo de 2009 publicado pela American Diabetes Foundation analisou o efeito e benefícios do ácido butírico na regulação da sensibilidade à insulina em ratos que consumiam uma dieta rica em gordura. O estudo concluiu que “a suplementação dietética de butirato pode prevenir e tratar a resistência à insulina induzida por dieta em camundongos”. Os pesquisadores também descobriram que os ratos tratados com butirato não tiveram nenhum aumento na gordura corporal e o suplemento de butirato realmente pareceu prevenir a obesidade. (10)

Os pesquisadores concordam que mais estudos precisam ser conduzidos para explorar mais como o butirato afeta os níveis de insulina em humanos, mas parece promissor até agora, o que pode ter efeitos profundos no tratamento do diabetes.

7. Efeitos anti-inflamatórios gerais do ácido butírico

Estudos demonstraram os amplos poderes anti-inflamatórios do ácido butírico. Acredita-se que ele não só o pode ajudar em condições inflamatórias, mas também pode ter uma capacidade útil de gerenciar as respostas imunológicas. (11) A inflamação é a raiz da maioria das doenças, e é por isso que ter mais ácido butírico em seu corpo pode beneficiar muitas pessoas com vários problemas de saúde com raízes inflamatórias.

8. Potente efeito antioxidante

Os benefícios do ácido butírico e butirato protegem as células contra substâncias prejudiciais e contribuem para manter o intestino saudável e livre de doenças. Níveis mais altos de butirato aumentam os níveis de glutationa, um antioxidante produzido no sistema que neutraliza os radicais livres no intestino. Isso melhora a função de barreira dos enterócitos e reduz o risco de câncer de intestino, doença inflamatória intestinal e síndrome do intestino irritável.

 

Onde encontrar ácido butírico? Quais são as fontes alimentares ricas em ácido butírico?

Para aumentar a produção de ácido butírico em seu corpo naturalmente, concentre-se em obter mais alimentos que contenham ácido butírico, como a manteiga ghee e manteigas de alta qualidade, regularmente. Aumente também a ingestão diária de alimentos ricos em fibras, como vegetais, frutas, legumes e grãos integrais. Se você puder aumentar a ingestão desses prebióticos, poderá ajudar a aumentar os probióticos e os ácidos graxos de cadeia curta em seu corpo. Esta é uma maneira fácil e saudável de aumentar seus níveis de ácido butírico, sem mencionar sua saúde geral.

Geralmente, a maior parte do ácido butírico no corpo é produzida a partir das bactérias intestinais quando o organismo está com dieta equilibrada. Se você passou por tratamento com antibióticos recentemente, provavelmente a capacidade de produção de ácido butírico no seu organismo pode estar baixa e os benefícios também. Aí você pode consumir diretamente de alimentos que são naturalmente em fontes deste precioso ácido graxo. A manteiga ghee é uma das fontes mais ricas de ácido butírico. Também está disponível na forma de suplemento dietético como butirato de sódio. No entanto, aumentar a ingestão de fibra alimentar também pode ajudar a aumentar o nível de ácido butírico no intestino. As bactérias intestinais se alimentam principalmente de amidos resistentes que o corpo não consegue decompor. Algumas das boas fontes de amidos resistentes, a pectina encontrada em muitas frutas e a inulina presente no açúcar de coco.

  1. Ghee de gado de pasto
  2. Leite de vaca
  3. Manteiga de gado de pasto
  4. Leite de ovelha
  5. Queijo parmesão
  6. Carne vermelha
  7. Chucrute e outros vegetais fermentados
10 benefícios da manteiga ghee: nutrição do corpo, pele e cabelos
manteiga ghee yamuna

Obrigado pela leitura,

Daiane Bortolon.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

De volta para Blog