Bulletproof Coffee: o que é, como fazer e benefícios deste superalimento

O café à prova de balas ou Bulletproof Coffee garante saciedade, energia e pode melhorar seu rendimento no trabalho ou esportes

Bulletproof Coffee: o que é, como fazer e benefícios desse superalimento

Se você ainda não provou o bulletproof coffee, está na hora, viu? Mas antes, é importante você entender todo o contexto alimentar que este superalimento deve ser inserido. Por isso, escrevi este texto com tudo (ou quase tudo) que você precisa saber antes de incluir este novo hábito e colher os bons frutos deste superalimento.

Muito mais do que uma moda, o bulletproof coffee é uma estratégia alimentar. Para que ela seja bem sucedida, é preciso se aprofundar no próprio método bulletproof. Não basta apenas acrescentar seu uso na rotina sem contextualizar toda a rotina alimentar. Neste caso, ela deve ser baseada em uma alimentação LowCarb-HightFat, ou seja, pouco carboidrato e muita gordura. 

O que é o bulletproof coffee?

É uma bebida potente e altamente energizante feita com café preto, manteiga ghee e óleo de coco. É ingerida por atletas, estudantes executivos e também por pessoas comuns que buscam alta performance e rendibilidade mental e física. Promove saciedade e energia disponível de longo prazo, te mantém concentrado, focado e alerta. O “café à prova de balas”, como é literalmente traduzido, ajuda o corpo a se manter em estado de cetose. Resumidamente, este é o estado onde o organismo utiliza como fonte principal de energia gorduras (cetogênese) em vez de açúcar (glicogênese). Seu consumo dá suporte às dietas Cetogênica (Keto), LowCarb, Paleo e na prática dos jejuns intermitentes. 

Como o bulletproof coffee surgiu?

O bulletproof evolui da experiência pessoal de um executivo do Vale do Silício no Tibet chamado David Asprey. Quando Asprey estava viajando por lá em 2004, sua saúde estava péssima e os efeitos da altitude o estavam deixando ainda mais doente. Foi então apresentado ao chá com manteiga dos monges, chamado de Po Cha. Esta bebida tradicional e milenar preparada com chá preto e manteiga ghee de Yak é consumida diariamente não só pelos monges, mas também por todo o povo Tibetano. 

Então nosso herói começou a perceber que este era um dos segredos dos monges. Eles ingeriam a bebida em jejum e ficavam horas e horas cumprindo suas práticas de meditação e estudo com vigor, concentração, vitalidade e luminosidade mental. Eureka! Ele também começou a se sentir melhor. Aí, quando voltou para os Estados Unidos, começou a adaptar a receita. Primeiro com manteiga comum, depois com ghee até chegar na sinergia de ghee + MTC de óleo de coco + café 100% arábica. A receita foi evoluindo com muito estudo e fome por alta performance, o que culminou na criação do próprio método “bulletproof”. 

Vou abrir aspas aqui, pois eu mesma passei pouco mais de um mês no Tibet, mais ou menos na mesma época que o David Asprey, em 2005. Experimentei tanto o mal da montanha provocado pela altitude como o Po Cha. E, olha, ainda bem que o Devid Asprey teve a ideia brilhante de aprofundar a receita, pois a iguaria é bem intensa. Com certeza não emplacaria no paladar ocidental.

Encontrei uma foto no meu arquivo do Po Cha. Mas, acabou que, ao procurar, percebi que na época a salvei como “butter-wine”. Pois, pelo que me lembro, o preparado que tomei era realmente fermentado. Olha só:

bulletproof coffee, butter wine no tibet

Como e quando ingerir o bulletproof coffee?

Primeiro, para você  colher todos os benefícios da bebida, você deve ingeri-la em jejum, sem nenhum carboidrato ou açúcar. O bulletproof já é o seu café da manhã completo. Tomando ele, você já vai ficar 100% saciado. Mas, se você é da turma dos compulsivos, talvez o bulletprooff não seja a melhor alternativa pra você. Lembre-se, a bebida está inserida em um contexto alimentar Low Carb.

Se você está em uma dieta Keto, o bulletproof é uma boa opção também para um café da tarde.

Por que o bulletproof coffee faz bem? 

Promove saciedade, energia e foco.

O café é extremamente tônico e estimulante. Rico em cafeína e antioxidantes, ele estimula o metabolismo. Quando emulsificado em óleos, passa a ser liberado mais lentamente dentro do corpo, o que mantém seu metabolismo em ação. Além disso, ele consome mais energia para ser digerido (por isso também pode ajudar a emagrecer). As gorduras da receita são compostas de triglicerídeos de cadeia curta – provenientes da manteiga e triglicerídios de cadeia média (TCM), provenientes do óleo de coco. Estas gorduras são digeridas e convertidas em energia rapidamente pelo corpo. A manteiga ghee promove saciedade e o óleo de coco energia de longo prazo. 

Quem pode tomar o bulletproof coffee?

Em geral, todas as pessoas podem se beneficiar da bebida, salvo aquelas com muita dificuldade na digestão de gorduras, até mesmo gorduras fáceis como os TCMs. Para estas pessoas, aconselho procurar um nutricionista e fazer um plano que pode incluir até a ingestão de enzimas digestivas específicas.

Agora, muito importante!!! Se você tem uma alimentação baseada em carboidratos e não está disposto a mudar, talvez você deva repensar no consumo do bulletproof. Lembre-se: você precisa estar inserido em um contexto alimentar Keto, Paleo ou no mínimo LowCarb. Na minha prática pessoal, nos dias em que tomo o bulletproof, tento consumir carboidratos somente na última refeição do dia, no jantar. A minha primeira refeição após o bulletproof é baseada em muitos vegetais verdes, saladas e proteínas como ovos orgânicos. Então, deixa o risoto ou o pãozinho para o fim do dia, beleza?

Não custa aqui destacar que, sim, o bulletproof é uma ótima estratégia alimentar. Mas, a tendência do nosso corpo é se adaptar. Por isso, eu não tomo todos os dias religiosamente. Procuro tomar 3-4 vezes na semana quando preciso sentar para escrever (como hoje) ou vou fazer uma atividade física mais intensa.

mulher toma o bulletproof coffee olhando a paisagem

Como fazer o bulletproof coffee?

Confira nossa receita de bulletproof coffee ideal:

Parte 1: o café

Tudo começa com o café. Prepare uma xícara de café com água fervente filtrada com 2 colheres de sopa de grãos de café de torra leve moídos na hora. Prefira sempre café 100% arábica. Se utilizar café já moído, pode ser 1 colher de sopa.

Para o preparo, use de preferência uma prensa francesa, ela preserva  os aromas doces, óleos medicinais e outras nuances do café. Se você não tem uma, pode preparar com filtro tradicional ou na cafeteira italiana. 

Parte 2: boas gorduras

No copo do liquidificador ou mixer, adicione ao café bem quente já preparado 1 colher de chá manteiga ghee grass feed + 1 colher de chá de óleo de coco prensado a frio*.

Nós criamos uma mistura pronta para isso, com Cardamomo e Canela que você encontra aqui.  As especiarias ajudam na digestão da bebida e fica muiiiito bom!

bulletproof coffee da yamuna com manteiga ghee, café preto, óleo de coco, cardamomo e canela
Mistura para bulletproof coffee da Yamuna com manteiga ghee, óleo de coco, cardamomo e canela

*Muitas pessoas usam o brain octane, o ácido caprílico de óleo de coco isolado. Um tipo de ácido graxo com alta velocidade de absorção. Na minha experiência pessoal, não sinto muita diferença na digestão usando óleo de coco integral.

Parte 3: emulsifique

Bata tudo no liquidificador ou mixer por 20 segundos para formar uma espuma deliciosa e beba imediatamente.

A qualidade dos ingredientes faz TODA a diferença!

Café 

Se você não escolher um café certo, a bebida não vai ficar tão potente, prazerosa e saudável, pode até te fazer mal. Por isso veja nosso check list:

  • Café 100% arábica sempre e preferencialmente de altitude (cafés como o Robusta possuem muita cafeína, o que pode levar a alteração cardíaca como palpitações)
  • Pequenos lotes: prefira cafés de pequenos lotes cuja seleção é melhor controlada assim como a secagem e armazenamento. Café de larga escala tende a desenvolver micotoxinas e não queremos ela penetrando vigorosamente em nossas células cerebrais certo? Hoje no Brasil, ainda não temos disponível café certificado e testado contra micotoxinas. Por isso: prefira pequenos produtores e pequenos lotes. 
  • Torra leve (café de torra intensa tem seus compostos oxidados e alterados)

Manteiga ghee precisa ser grass fed

A manteiga ghee é o ingrediente chave para um bulletprooff supercremoso. É ela que vai promover saciedade. Você pode inclusive fazer o café à prova de balas só com manteiga ghee e não utilizar óleo de coco.

Grass fed ghee significa que a manteiga é proveniente de vacas que comem capim, vacas de pasto. Somente este tipo de manteiga possui quantidades altas de CLA, butirato e outros nutrientes importantes como vitamina A, beta-caroteno. Quer saber mais sobre? Leia este texto.

[Há mais de 10 anos nós produzimos manteiga ghee de gado de pastagens, clique para conhecer]
comprar manteiga ghee de vacas de pasto livre yamuna para fazer bulletproof coffee

Óleo de coco

Prefira sempre o nacional prensado a frio. 

E se eu não tomo café??

Tudo bem. Existem pessoas que são supersensíveis ao café, não conseguem digeri-lo bem ou simplesmente não gostam (nunca conheci pessoalmente esta terceira opção). Para estes indivíduos, indico tomar uma receita de bulletproof mais próxima ao do Po Cha tradicional. Assim, ele deve ser feito com Chá preto ou até mesmo com Chá verde. Fica delicioso! Se você fizer com chá preto vai ficar parecendo um Chai indiano, um “bulletproof Chai”. Vale muito a pena acrescentar especiarias como canela, gengibre e cardamomo. De bônus você ainda estimula a digestibilidade com as especiarias.

Prometo algumas receitas nos próximos posts!

Abraço,  🥰 Daiane Bortolon


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre-se para te avisarmos Avisaremos assim que o produto estiver pronto. Por favor, deixe seu melhor e-mail abaixo.
Open chat